Pilatus PC-12 e Caravan Grand: é seguro voar de monomotor?

Fretamentos / Pilatus PC-12 e Caravan Grand: é seguro voar de monomotor?

Mudar idioma: enEN (Inglês) pt-brPortuguês esEspañol (Espanhol)

Recentemente, fizemos um artigo sobre as melhores práticas, com dicas e informações, sobre o aluguel de aviões monomotores. Além de desmistificar o receio que algumas pessoas têm de utilizar este meio de transporte, mostramos como é simples o processo para fazer a reserva deste tipo de aeronave.

No texto de hoje, apresentaremos dados concretos dos índices de segurança dos dois aviões monomotores mais populares para o serviço “commuter” no mundo inteiro – o Pilatus PC-12 e o Cessna Caravan Grand. Os dados apresentados vêm da CENIPA (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), do Instituto Brasileiro de Aviação, da WingX e da americana Federal Aviation Administration (FAA – Administração Federal de Aviação).

O objetivo deste artigo é comparar o número de acidentes com o número de horas de voo de cada um destes dois modelos de avião monomotor e provar que as duas aeronaves possuem os índices de segurança tão altos quanto os jatos comerciais de grande porte.

Pilatus PC-12

O Swiss-made Pilatus 12 é o Mercedes dos turboélices monomotores. O modelo combina a velocidade, conforto e segurança de um avião bimotor executivo com a relação custo-eficácia do King Air C90. Ele é ideal para voos compartilhados, uso ao fim de semana ou viagens corporativas de curta distância. 

O avião está entre os melhores registros de segurança da história do motor de turbina. De acordo com informações retiradas do site oficial da FAA, que abrange dados de voos nos Estados Unidos e Canadá, entre 26 de abril de 1990 e 24 de dezembro de 2019, foram registrados apenas 63 acidentes do PC-12, com somente um resultando em morte e três com pessoas feridas.

O caso que contou com uma fatalidade ocorreu em 26 de abril de 1990, em De Land, na Flórida. A aeronave em questão tinha um total de 2.705 horas de voo e um certificado do tipo licença de piloto comercial.

Além do único acidente fatal, os registros da FAA do Pilatus PC-12 mostram somente três lesões totais nos 63 acidentes catalogados. Isso reforça ainda mais o nível de segurança do modelo deste avião monomotor.

E no Brasil?

Os dados acima são referentes a acidentes com a aeronave da Pilatus nos Estados Unidos e Canadá. No Brasil, segundo o sumário estatístico da CENIPA que abrange ocorrências no período de 2010 a 2019, o modelo sofreu apenas dois acidentes e nenhum deles contou com vítimas fatais.

De acordo com números fornecidos pela ANAC, entre 2016 e 2020, o PC-12 registrou 19.822 horas voadas, sendo 3.298 em 2016, 4.316 em 2017, 4.080 em 2018, 4.394 em 2019 e 3.734 em 2020.

Fazendo uma comparação entre as horas de voo e o total de acidentes, constata-se que o índice de segurança deste modelo é excepcionalmente alto. Considerando o período que corresponde aos anos 2016 -2020, a taxa de acidentes do modelo Pilatus PC-12 é de 0,005%, sendo de 0% a taxa de acidentes fatais.

Cessna Caravan Grand

O modelo Caravan Grand C208 apresenta um design de cabine simples, normalmente dividido em três fileiras duplas e três linha única na janela. Com espaço de bagagem sem precedentes e a capacidade de pousar em pistas tão curtas quanto 2.000 pés (609 metros), o Caravan constitui uma opção popular na aviação sub-regional e transporte de carga.

Segundo a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos, entre 11 de agosto de 1985 e 5 de dezembro de 2019, nos EUA e Canadá, ocorreram 250 acidentes a bordo do Caravan. Destes, 24 resultaram em fatalidade e 15 registraram passageiros feridos. 

O acidente que causou duas mortes ocorreu em 2 de março de 2011, no Texas, em Rosharon, uma comunidade não registrada e local designado por censo no Condado de Brazoria. Outros acidentes com fatalidades aconteceram em 1985, em Freeport, Illinois, em 1997 na Flórida, na cidade de Titusville, e também em Chester, na Carolina do Sul, no ano de 2014.

Segundo a WingX, empresa de inteligência para o mercado da aviação, de 2006 a 2020 o Caravan registrou mais de 2 milhões de partidas nos Estados Unidos – um total de 2.235.203 operações. Dentro deste período, a FAA registrou 116 acidentes do modelo, o que representa uma taxa de acidentes de 0,005%. Destes, 19 tiveram vítimas fatais e 13 ocasionaram em passageiros lesionados. Portanto, a taxa de acidentes mortais foi de 0,0009% e, a de acidentes com feridos, de 0,0006%.

E no Brasil?

Já em território brasileiro, foram apenas 12 acidentes entre os anos de 2010 e 2019, sendo dois deles com fatalidades, dois com aeronaves destruídas e 13 incidentes graves, de acordo com o painel SIPAER da CENIPA.

Entre os anos de 2016 e 2020, o Caravan Grand realizou 141.018 horas de voo, conforme informado pela ANAC. Em 2016 foram 33.540 horas de voo, em 2017: 36.068, em 2018: 30.832, em 2019: 18.809, e, em 2020: 21.769 horas voadas.

Levando em consideração que os dados do CENIPA para o mesmo período contabilizam seis acidentes, incluindo um fatal, podemos considerar que a taxa de acidentes do Cessna Caravan Grand no Brasil é de 0,004%, um pouco abaixo da taxa observada nos EUA. Já a de ocorrências com mortalidades é de 0,001%.

Para comparação, nos últimos dez anos, o popular Boeing 737 registrou no Brasil apenas um acidente e três incidentes graves. Isso leva a uma taxa de acidentes de menos de 0,001%: não é impecável, mas certamente comprova um histórico excepcional de segurança do modelo.

Números comprovam

Os números e taxas acima comprovam que, sim, é seguro voar de monomotor, seja em um Pilatus PC-12 ou um Caravan Grand. As taxas de acidentes de, respectivamente, 0,005% e 0,004%, são excepcionalmente baixas, tornando ambos os modelos opções confiáveis para voos compartilhados e fretamentos, tanto a lazer quanto a negócios. 

Para garantir que a viagem seja segura, é preciso sempre procurar uma empresa confiável, que tenha todas as manutenções das aeronaves em dia, além de certificações de segurança. Na Flapper, todos os aviões brasileiros contam com registro on-line de certificado de táxi aéreo. A empresa oferece voos semanais nos aviões Caravan Grand e fretamento de aviões Pilatus PC-12 pelo mundo inteiro. Confira os detalhes e características destes monomotores em nosso sistema de cotação on-line.

Você também pode gostar:

Our Services: Fretamentos

See also

  • King Air 250 vs King Air 350: Comparativo

    See post
  • Uber aéreo – É possível voar por menos?

    See post
  • Rota do Vinho de helicóptero: descubra o Vale de Colchagua no Chile

    See post