Catering para aviação executiva: 5 fatos que você precisa saber

Fretamentos / Catering para aviação executiva: 5 fatos que você precisa saber

Mudar idioma: enEN (Inglês) pt-brPortuguês esEspañol (Espanhol)

Neste post, você vai aprender cinco fatos sobre catering na aviação executiva. Nós vamos tirar algumas dúvidas que são comuns quando o assunto é a alimentação durante um voo executivo. Por exemplo: o catering está incluso no valor da operação? E a bebida alcoólica, é servida? É verdade que o piloto pode servir durante um voo?

Mas, antes disso, uma coisa é importante saber desde o início: o catering varia de acordo com o voo feito pelo passageiro. Em um voo entre a capital paulista e o Guarujá, que dura 30 minutos de helicóptero, são oferecidas bebidas não alcoólicas. Já entre São Paulo e Rio de Janeiro (30 minutos de jato), além das bebidas não alcoólicas, são servidos biscoitos ou barras de cereal. 

Em um voo mais longo, por exemplo entre o Rio de Janeiro e Recife, o passageiro pode ter à disposição uma bandeja com frutas e minisanduíches, além de bebidas alcoólicas. Já em uma operação internacional, entre São Paulo e Miami por exemplo, são servidos pratos quentes e todos os tipos de bebidas, alcoólicas e não. 

Mas também vale ressaltar que o formato final do seu serviço de catering durante um voo pode ser alterado de acordo com as circunstância, infraestrutura aeroportuária ou em decorrência de alguma urgência para a realização de determinada missão. 

Veja abaixo cinco perguntas e respostas sobre o catering na aviação executiva.

O catering é sempre incluído no preço?

O catering básico é, sim, sempre incluído no preço da operação. Mas você pergunta: o que é o catering básico? Claro que esse tipo de cardápio varia de empresa para empresa, no entanto, para qualquer voo realizado num jatinho ou turbo-hélice, o menu inclui sanduíches e saladas de frutas. Vale ressaltar que também é possível pedir outro tipo de catering, como a inclusão de pratos quentes, por exemplo, desde que a solicitação seja feita com certa antecedência (o ideal é que o pedido seja realizado no dia da contratação do serviço). Lembrando que o serviço geralmente vem com um custo extra.

Quando se serve comida quente e quando se serve comida fria?

Para pratos quentes, o ideal é que o passageiro faça a solicitação à Flapper no momento da reserva do voo. Essa antecedência na contratação do catering é necessária por causa da diferenciação entre os operadores de táxi aéreo. Por exemplo, na Air Jet, um dos operadores parceiros da Flapper, a diferença do serviço de pratos quentes ou frios está relacionado ao modelo da aeronave. “Depende se a aeronave que fará a operação possui um forno para aquecimento”, informou a empresa. Já na Alphajets, outro operador parceiro da Flapper, que opera jatos de médio alcance como o modelo Learjet 45, o critério principal é o tempo de voo, “mas a maioria dos voos a comida oferecida é a fria”, disse a empresa.    

Bebidas alcoólicas são sempre servidas durante um voo? 

Catering

A decisão de servir bebidas alcoólicas durante um voo está nas mãos da equipe de cada operador de táxi aéreo. Ainda no exemplo do operador Air Jet, o serviço da empresa conta com cervejas incluídas a cada voo realizado. Outros tipos de bebidas podem ser servidas, desde que o cliente da Flapper faça a sua solicitação no momento da reserva. Já no caso da Alphajets, para qualquer tipo de bebidas alcoólicas, é necessário solicitar à Flapper a inclusão no serviço.

O piloto pode servir a comida durante o voo?

Talvez essa seja uma das principais dúvidas de quem fará um voo executivo. E a resposta é: sim, o piloto pode servir a alimentação durante o voo. No entanto, na maioria das vezes, os pratos ficam à disposição dos passageiros em embalagens de fácil acesso. Vale ressaltar que a operação de táxi aéreo só ocorre com a presença de dois pilotos em cada voo. 

Você sabe a diferença entre cabin server e flight attendant na aviação executiva?

Catering

Flight attendant é o profissional responsável pelos aspectos de organização e segurança de um voo. Ou seja, ele recebe os passageiros, direciona-os para as poltronas quando necessário, auxilia na disposição das bagagens de mão dentro da aeronave, serve alimentos e bebidas, transmite informações de segurança, atende aos pedidos da tripulação e verifica as condições de segurança nas poltronas com os passageiros. Já o cabin server é quando o comandante serve a alimentação durante o voo, que, na maioria das vezes, já vem preparada e pronta para o consumo.

Dúvidas

Caso tenha outras dúvidas sobre o catering da sua próxima viagem, é só clicar aqui e falar com a equipe da Flapper.

Conclusões

É fácil deixar a sua viagem ainda mais personalizada e exclusiva adicionado um catering feito especialmente para você! Para isso, basta ficar atento às seguintes condições: 

1 – Verifique sempre com antecedência quais são as opções de catering disponíveis. No momento de reservar a sua viagem, entre em contato com o seu City Manager e pergunte.

2 – É preciso saber que a comissaria varia de acordo com a missão, tipo de aeronave e a empresa que vai operar o voo. Se o catering for um critério essencial para você, a Flapper encontrará a aeronave ideal para atender o seu pedido.

3 – Caso você necessite de um flight attendant dedicado, faça a sua solicitação com antecedência (esse serviço geralmente é incluído em voos internacionais). Para outros casos, o passageiro tem sempre à disposição os pratos, que são servidos em embalagens de fácil acesso. 

Our Services: Fretamentos

See also

  • Entenda como funciona o táxi aéreo em viagens de pesca

    See post
  • Táxi Aéreo em Curitiba – Como Contratar

    See post
  • Categorias de Aviões de Táxi Aéreo – Entenda as Diferenças

    See post